O jovem que é natural de Vila Nova de Santo André, explicou na Rádio Sines que “desde pequeno que gosto muito de futebol, o meu pai inscreveu-me no Estrela de Santo André, onde joguei em vários torneios e depois surgiu o convite do Sporting, o que aceitei”.

“Há três anos que represento o Sporting e fui convidado para continuar mais uma época, o que me deixou muito feliz” explicou o jovem guarda-redes.

Devido à pandemia, os atletas treinam em casa, através de treinos ministrados pela plataforma ZOOM, mas André Tomé diz ter saudades de treinar no relvado com os colegas.

“Para mim a escola está sempre em primeiro lugar, mas gosto muito de futebol e por isso trabalho muito para chegar a jogador profissional, que é o meu grande sonho” acrescentou André Tomé.

O jovem atleta deixou na Rádio Sines uma mensagem para todos os jovens jogadores, para que “nunca deixem de estudar, a escola tem que estar sempre em primeiro lugar, divirtam-se a jogar futebol e nunca desistam dos vossos sonhos”.