Uma parceria entre a ACSSC, o Instituto de Emprego e Formação Profissional e o Alto Comissariado para as Migrações, o GIP Sines integra uma rede de 23 gabinetes similares em todo o País e tem como objetivo prestar apoio personalizado aos imigrantes na procura de emprego e de oportunidades de formação.

Na cerimónia de inauguração, a presidente da ACSSC, Gracinda Luz, disse que a associação trabalha neste momento com um universo de 1400 imigrantes. Para a dirigente associativa, este gabinete é tanto mais importante quanto a integração profissional dos imigrantes é crucial para a sua boa integração social.

A diretora do Centro de Emprego e Formação Profissional do Alentejo Litoral, Graça Nunes, lembrou o trabalho que já vinha a ser desenvolvido com a Associação Caboverdiana nesta matéria e disse que o GIP funciona quase como um serviço de emprego, numa perspetiva de complementaridade com o centro de emprego.

Para o presidente da Câmara Municipal de Sines, Nuno Mascarenhas, a Associação Caboverdiana é a agente ideal para desempenhar essa função, uma vez que é uma associação conhecedora e experiente, que fala a linguagem das imigrantes e sabe agilizar as respostas institucionais.

A secretária de Estado para a Integração e Migrações, Cláudia Pereira, disse que o GIP Sines vem estruturar o trabalho em rede que já era desenvolvido, permitindo fazer de forma mais especializada o que a Associação Caboverdiana já fazia, sendo uma ferramenta para reduzir as desigualdades através da promoção do acesso ao emprego e à formação.

Após a inauguração do GIP Sines, a secretária de Estado foi recebida pelo presidente da Câmara nos Paços do Concelho. Foram abordadas as políticas públicas de integração de migrantes, procurando-se uma maior convergência entre municípios em torno dos objetivos nacionais. “Vamos aprofundar o nosso trabalho em torno da integração e, para isso, estabelecemos agora, com a senhora secretária de Estado, uma maior plataforma de articulação para o futuro”, assinala o presidente da Câmara.

O GIP Sines funciona na sede da Associação Caboverdiana, na Rua João Doroteia, Lote LE1, no Bairro Amílcar Cabral. Pode ser contactado pelos telefones 269 636 878 e e 965 372 269 ou pelo endereço de correio eletrónico gipimigrante.sines@gmail.com.