O objetivo da reunião foi, em conjunto, refletir sobre a melhor forma de concretizar os objetivos que a direção pretende concretizar ao longo do seu mandato 2020-2023.

Desta reunião, que decorreu no Salão Nobre da Associação, cumprindo todas as normas de segurança, saíram algumas decisões consideradas “importantes para a vida da associação”.

As propostas apresentadas e discutidas foram, pela Mesa da Assembleia Geral de “criar uma comissão para elaborar uma proposta de alteração estatutária”, e pelo Conselho Fiscal de “pedir uma auditoria às contas da associação”, propostas que foram aprovadas por unanimidade.

A direção manifestou “um voto de confiança no Comando do Corpo de Bombeiros”, que também foi aprovado por unanimidade por todos os órgãos sociais.

Esta direção começa aqui uma caminhada onde pretende “dignificar e prestigiar cada vez mais a Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Sines”.


Comente esta notícia


SINES