A cerimónia que não contou com a presença de entidades exteriores começou às 9 horas, com o habitual hastear das bandeiras no quartel da instituição. Pelas 10 horas, decorreu a missa na igreja matriz, seguida de romagem ao cemitério.

Pelas 11h30 realizou-se um desfile de viaturas pelas ruas da cidade de Santiago do Cacém.

Sem discursos oficiais, as mensagens surgiram nas redes sociais, onde o presidente João Malaquias destacou a importância do dia e deixou “um obrigado a todos”.

Pedro Torrão, comandante em regime de substituição escreveu que “foi um dia simples e bonito para a nossa Associação. Apesar da pandemia mundial que estamos a passar, foram tomadas todas as medidas para se fazer este nosso aniversário”.

O comandante deixou um agradecimento “a todos os Órgãos Sociais por todo o empenho para se poder dizer presente nos bons e maus momentos. Mas um especial abraço e um grande OBRIGADO a todos os operacionais que estiveram presentes e para os restantes que por algum motivo não estiveram perto de nós neste dia”.

“O caminho faz se caminhado degrau a degrau e tenho a certeza que todos juntos seremos mais fortes, para que a nossa Associação possa dizer sempre PRESENTE em todas as missões que nos são confiadas” escreveu Pedro Torrão.


Comente esta notícia


SINES