A ação, que veio na sequência de uma iniciativa idêntica no período do Natal, teve como objetivo manter o acompanhamento e apoio às famílias que, por diversas razões, foram mais afetadas pela pandemia.

As famílias abrangidas foram identificadas pelas entidades do grupo de trabalho "Alimentar=Desafios", formado no seio da Rede Social de Sines.

Os bens alimentares reunidos nos cabazes foram adquiridos no comércio local, também como forma de apoio.

"Tal como o Natal, considerámos que a Páscoa, pelo seu simbolismo e significado para as famílias, seria o momento adequado para um reforço do apoio alimentar às famílias mais necessitadas. É nosso dever sermos solidários, mas, neste período, é nossa obrigação reforçar esses apoios", disse o presidente da Câmara, Nuno Mascarenhas.


Comente esta notícia


SINES