De acordo com o boletim epidemiológico de hoje, a região de Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a que tem mais casos confirmados com com 264 dos 572 registados.

Os internamentos em enfermaria (233) e em unidades de cuidados intensivos (53) mantém-se estáveis, não tendo sido registada alteração desde quarta-feira.

Os dados divulgados pela DGS mostram também que estão ativos mais 105 casos, para um total de 22.452 e que 467 pessoas foram dadas como recuperadas.