“Declarei hoje o surto encerrado, estando todos os utentes já recuperados. Apenas uma funcionária permanece em casa, mas está a terminar o confinamento”, avançou à agência Lusa o delegado de saúde de Santiago do Cacém, Joaquín Toro.

O surto, que esteve ativo desde dezembro, provocou a morte de 12 residentes.

No Hospital do Litoral Alentejano, estão internados “dois utentes” daquela Estrutura Residencial para Pessoas Idosas (ERPI).


Comente esta notícia


SINES