Contrato, este, que será agora apreciado pelo Tribunal de Contas. Está ainda esta autarquia empenhada em envidar todos os esforços para conseguir também mais um reforço financeiro para a construção total desta obra.

 

Pretende a câmara municipal, com esta nova infraestrutura, complementar o conjunto de edifícios escolares já existentes, nomeadamente numa parcela de terreno com aproximadamente 2,6 hectares.

 

Esta empreitada possibilitará a construção de um novo edifício autónomo que permitirá reforçar as valências existentes de ensino Pré-escolar e Ensino Básico do 1.º ciclo. Edifício, este, que se desenvolverá em dois pisos, interligados por escadas e ascensor dimensionado para a circulação de pessoas com mobilidade condicionada.

 

Estão previstas salas de aulas, salas polivalentes e de atividades diversas e gabinetes de trabalho para professores e salas para pessoal não docente, bem como instalações sanitárias. A área total de construção que se pretende levar a efeito é de 1473.90 metros quadrados, aos quais acresce uma área de 459,30 metros quadrados de zonas exteriores cobertas.

 

Esta nova construção apresentará, por isso, todas as valências técnicas, programáticas e ambientais para proporcionar espaços de qualidade para todos os utilizadores, sejam alunos, professores ou auxiliares e funcionários de ação educativa.

 

O objetivo da Câmara Municipal de Aljustrel é continuar a proporcionar condições de excelência para a aprendizagem no concelho e dotar o parque escolar de mais e melhores condições.

 

Recorde-se que o Concelho de Aljustrel apresenta, a nível nacional, a segunda maior taxa de fecundidade do País, existindo, assim, sinais positivos de uma população em crescimento, pretendendo também com esta ampliação o município assegurar espaços físicos que possam dar resposta a todos e proporcionar a garantia de um ensino com qualidade.


Comente esta notícia


SINES