Num jogo emocionante e, à semelhança do que tem acontecido nos últimos dias em Sines, com indecisão sobre o vencedor até final do encontro, a equipa nortenha inaugurou o marcador por Angélica (10') a meio da primeira parte. Contudo, a formação dos Lombos ainda viria a igualar a contenda antes do intervalo, por intermédio de Inês Matos (20').

No segundo tempo, Angélica (33') voltou a dar vantagem à equipa do Nun'Álvares, obrigando a equipa orientada por Sónia Teixeira e ir correr atrás do prejuízo. Apesar dos esforços e já numa situação de 5x4, foi o conjunto nortenho a marcar novamente, desta feita pela capitã Loira (40').

Com este resultado, a equipa do Nun'Álvares segue em frente para a final, onde defrontará o vencedor da outra meia-final, entre SL Benfica e Santa Luzia FC. O jogo decisivo realiza-se este domingo, pelas 13h45.

Rui Cunha, treinador do Nun'Álvares, em discurso direto:

"Defrontámos um adversário muito forte, com muita qualidade individual e coletiva e só um grande Nun'Álvares e um grande coletivo como nós temos é que conseguia chegar à final. Quero salientar a atitude dos meus atletas não só neste jogo, mas desde o início da época. Nunca dão um lance por perdido, nunca baixam a cabeça, apoiam-se umas às outras, são um grupo fantástico e estão na final com todo o mérito. Contem connosco para amanhã, porque quem joga com este carácter vai chatear. Sabemos que não somos favoritos, mas contem connosco para disputar a final.

Já esperava um jogo como este, muito equilibrado, com muita incerteza no marcador, oportunidade cá, oportunidade lá. Comparando com os jogos que fizemos com a Quinta dos Lombos para o campeonato, hoje as duas equipas estavam muito preocupadas em não cometer erros. Sabíamos que se cometessemos erros, poderia ser fatal. O golo que sofremos foi num esquema tático ofensivo nosso, mas como referi anteriormente, esta garra e esta atitude do Nun'Álvares é que consegue levar o clube adiante e chegar a uma final nacional é um sonho que não queremos que fique por aqui.

São dois possíveis adversários fortíssimos. A outra meia-final será certamente equilibrada e também ela uma grande montra do futsal feminino. Independentemente de quem seja o nosso adversário, sabemos que será muito complicado.

Inês Matos, jogadora da Quinta dos Lombos, em discurso direto:

"Foi um jogo bem disputado, como é sempre. Não fomos eficazes e isso definiu o jogo.

A chave do nosso resultado esteve no nosso demérito na finalização. À frente da baliza, o um para zero não se pode falhar e isso acabou por definir o jogo, como disse.

O Nun'Álvares também esteve muito bem. Nós perdemos, vamos para casa mais cedo. O Nun'Álvares foi consistente ao longo do jogo e também merecia vencer. Parabéns a eles.

Vamos continuar a disputar o primeiro lugar do campeonato. Temos uma equipa muito jovem, num ano em que se juntou muita gente e vamos trabalhar para estar na melhor forma."