A organização justifica esta decisão com o facto de ser necessário “tomar uma decisão atempada para não prejudicar nem participantes, familiares, parceiros e voluntários que colaboram para que aconteça a grande festa do BTT”.

Uma decisão que foi tomada depois de “receber o parecer das entidades competentes”.

“O elevado número de participantes, obrigava a algumas restrições o que tornaria a realização da prova impossível” lamenta a organização.

A organização pede a compreensão dos participantes e apela para que todas as inscrições fiquem válidas para 2022, embora quem pretenda cancelar a inscrição o possa fazer.

Com a edição 22 já marcada para o dia 15 de maio de 2022, a organização termina o comunicado afirmando que “foi uma decisão consciente, prudente e ponderada, pois trata-se de uma questão de saúde pública, a segurança de todos é primordial”.