Em declarações à Rádio Sines, Rute Simão explicou que foi “uma honra e um reconhecimento” pelo trabalho que tem desenvolvido como juiz internacional de ginástica.

A juiz siniense explicou também que “este prémio foi criado pela European Gymnastics, com o objetivo de reconhecer os juízes”.

Desta forma, a federação, através do conselho de ajuizamento, fez chegar aos juízes, a informação que existia esta nomeação, pelo que deveriam enviar todas as provas, que já tinham participado, para que os mesmos pudessem avaliar a suas carreiras.

Rute Simão explicou que “fiz o meu primeiro curso de juiz internacional em 2000, e iniciei as minhas provas em 2001. Entre outras competições, já estive em campeonatos do mundo, taças do mundo e torneios internacionais. Este foi o meu quinto europeu, onde fui nomeada pela EG, com o titulo de Honorary Judge”.

“Claro que foi sem dúvida uma honra receber tal nomeação, pois é o reconhecimento da minha carreira de juiz, de todo o investimento que é feito, não só por mim, mas também pela federação. Na modalidade de trampolins houve mais dois juízes portugueses a receberem esta nomeação, mas claro que ser das primeiras portuguesas a recebe-lo, é sem dúvida fantástico” afirmou com orgulho a juiz internacional.