Desde a identificação do surto, contabilizam-se 40 residentes e 14 funcionários infetados com o vírus que provoca a covid-19, e há a registar o óbito de um utente, com mais de 90 anos.

Válter Guerreiro, vice-presidente da Casa do Povo, entidade gestora do Lar, afirmou que “ontem realizámos mais 24 testes a utentes e funcionários, onde testaram positivo 8 utentes e 5 colaboradoras. No fim de semana, foram transportados para o Hospital do Litoral Alentejano 4 idosos, que ficaram internados, e no exame realizado no hospital também testaram positivo”.

“Na instituição criámos duas zonas separadas, uma para os utentes positivos e outra para os negativos. Os utentes que estão na instituição infetados pelo coronavírus, apresentam apenas sintomas ligeiros, sem necessidade de assistência hospitalar” explicou o responsável.

A Unidade Local de Saúde do Litoral Alentejano disponibilizou um médico da UCSP de Santiago do Cacém que acompanhará in loco a situação clínica e a evolução de sintomatologia nos utentes e profissionais, em articulação com a Autoridade Local de Saúde Pública e com a equipa médica do Serviço de Medicina Interna do Hospital do Litoral Alentejano.

A ERPI - Estrutura Residencial para Pessoas Idosas de Alvalade, gerida pela Casa do Povo, conta com 55 idosos e 33 funcionários.


Comente esta notícia


SINES